ViaEPTV.com
Jornal A Cidade - Seu jornal. Sua cidade.
  • 0

Federação Paulista interdita estádios do Botafogo e Comercial

Clubes precisarão se adequar ao que foi pedido para terem seus estádios liberados para a temporada 2014

26/11/2013 - 10:51

Jornal A Cidade - Bruno Bellomi

Alterar o tamanho da letra A+ A A-


Notícia atualizada às 22h37 

Mais uma vez. Poderia até ser refrão de música, mas são as interdições dos estádios Palma Travassos e Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Desde o Estadual de 2011, Botafogo e Comercial têm seus estádios interditados antes do início dos campeonatos estaduais. A FPF (Federação Paulista de Futebol) anunciou o veto aos dois estádios ribeirão-pretano, e a outros 12 no estado de São Paulo, na noite desta segunda-feira (25), após receber laudo negativo da Polícia Militar.

O Presidente da Comissão de Arbitragem da Federação, Coronel Marinho, explicou os problemas da Joia e do Santão. “No caso do Palma Travassos está no laudo que o portão do alambrado e a tela do alambrado estão amarrados com arame e tem de ser substituídos”, explicou Marinho, enumerando outros itens.

“No Santa Cruz tem material solto nas arquibancadas, torneiras de banheiros que tem de ser substituídas, resto de material de obras, entre outros”, completou Marinho.

Apenas outros dois times da Série A1 também tiveram seus estádios interditados até o momento: Bragantino e Paulista, com o estádio Municipal Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, e Estádio Dr. Jayme Pinheiro de Ulhoa Cintra, em Jundiaí.

Os outros estádios interditados foram: Municipal Vice Prefeito José Silveira Nunes, em Louveira; Municipal Alfredo Chiavegato, em Jaguariúna; Municipal Coronel Francisco Vieira, em Itapira; Municipal Salvador Russani, em Atibaia; Municipal Leonardo Barbieri, em Águas de Lindóia; Espanha, em Santos; Municipal Sócrates Stamato, em Bebedouro; Municipal Antônio Gomes Martins (o Fortaleza), em Barretos; Municipal Frederico Dalmaso, em Sertãozinho; e Municipal Prefeito José Liberatti, em Osasco.

Procedimento

Não há nova data para a vistoria da Polícia Militar, já que os clubes é quem devem fazer as adequações e solicitar uma nova visita. “Eles [clubes] vão ter que fazer as reformas e sanar as irregularidades. A PM só fará nova vistoria quando derem o sinal verde”, afirmou o Coronel Marinho, lembrando que neste ano houve uma padronização nas vistorias. “Havia muitos laudos com exigências fora do padrão e pedidos diferentes”, citou.

“Espero que façam as mudanças, senão vão começar o campeonato com o estádio fechado”, encerrou o Coronel. A dupla Come-Fogo só estreará em casa na segunda rodada da Série A1, o que ganha tempo.

Dupla Come-Fogo promete adequações

Após receberem o comunicado da FPF (Federação Paulista de Futebol), tanto Comercial quanto Botafogo já começaram a se movimentar e prometeram as adequações até a estreia do Campeonato Paulista, em janeiro.

Através de nota, o Botafogo informou que “Em relação à interdição do estádio Santa Cruz, por parte da Federação Paulista de Futebol (FPF), o Botafogo FC informa que já iniciou as adequações e mudanças solicitadas pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária e confia na liberação do estádio até o início do Paulistão 2014.”

Segundo o clube, o estádio está liberado para receber torcedores na segunda e decisiva partida da final do Campeonato Paulista Sub-20, por conta do torneio ser considerado amador e não haver cobrança de ingressos.

“O estádio foi reprovado devido ao alambrado, então isso [interdição] já era previsível. Quando o novo alambrado estiver pronto o estádio estará liberado”, disse o vice-presidente do Comercial, Rogério Vieira. O Leão colocará novo alambrado para o Paulistão.

Sertãozinho e Inter também sofrem sanções

Os estádios do Sertãozinho, Frederico Dalmaso, e da Inter de Bebedouro, Sócrates Stamato, também foram interditados na noite desta segunda pela FPF (Federação Paulista de Futebol). O Touro dos Canaviais tem até a estreia na Série A3 do Paulista para adequar seu estádio. A tabela com as datas da competição deve ser anunciada até o fim desta semana, em São Paulo.

Inter de Bebedouro

A Inter terá mais tempo para adequar seu estádio, já que está na Segunda Divisão, Estadual que tem início depois das três primeiras séries do Paulista.

O presidente da Inter de Bebedouro, Antônio Minholo, o Filó, está até acostumado a ser informado todo ano, nesta época, sobre a interdição do Sócrates Satamato. “Eu já esperava isto, mas desta vez, é pouca coisa que falta ser feita para entrarmos nas adequações exigidas pela Federação”, disse o presidente.

Confira a lista de estádios interditados:

Estádio Municipal Vice Prefeito José Silveira Nunes - Louveira
Estádio Dr. Jayme Pinheiro de Ulhoa Cintra - Jundiaí
Estádio Municipal Alfredo Chiavegato - Jaguariúna
Estádio Municipal Cel. Francisco Vieira - Itapira
Estádio Municipal Nabi Abi Chedid - Bragança Paulista
Estádio Municipal Salvador Russani - Atibaia
Estádio Municipal Leonardo Barbieri - Àguas de Lindóia
Estádio Espanha - Santos
Estádio Municipal Sócrates Stamato - Bebedouro
Estádio Municipal Antônio Gomes Martins - Barretos
Estádio Municipal Frederico Dalmaso - Sertãozinho
Estádio Municipal Prefeito José Liberatti - Osasco
Estádio Dr. Francisco de Palma Travassos - Ribeirão Preto
Estádio Santa Cruz - Ribeirão Preto

Participe
Participe AraraquaraSiga nosso TwitterCurta nossa Fan Page

Edição Digital

Tenha acesso a todo o conteúdo do jornal impresso.

Edição Online

Classificados - Jornal a Cidade

A partir de agora você terá mais uma opção para anunciar veículos e imóveis no Jornal A Cidade

Classificados Imóveis- Jornal a Cidade
Classificados Carros - Jornal a Cidade