Homem morre durante tiroteio em favela do Rio

tiroteio morte Rio


Um homem morreu durante uma intensa troca de tiros entre traficantes de drogas e policiais militares do 14º Batalhão (Bangu) na Vila Kennedy, zona oeste do Rio de Janeiro, na noite dessa terça-feira, 18. A vítima, ainda não identificada, tinha no braço uma tatuagem de um fuzil com a inscrição "o preço da traição é a morte". O confronto ocorreu nas proximidades da Avenida Brasil, uma das principais vias expressas da cidade.

À tarde, um ônibus foi queimado na praça central da Vila Kennedy, em meio à guerra entre duas facções do tráfico que disputam o controle do território. Pneus em chamas foram usados numa tentativa de bloquear a passagem de veículos na Avenida Brasil. Escolas, creches e lojas não funcionaram.

Segundo a polícia, traficantes da favela Vila Aliança, em Senador Camará, invadiram a Vila Kennedy na madrugada de terça. Houve tiroteio durante todo o dia. Para pôr fim à disputa, o patrulhamento foi reforçado na comunidade.


0 Comentário(s)

Saiba mais