ViaEPTV.com
Jornal A Cidade - Seu jornal. Sua cidade.
  • 0

Sertãozinho é a 3ª em geração de empregos na indústria

Cidade e região só perdem para Santa Bárbara D?Oeste e Sorocaba em criação de vagas em 2013

23/01/2014 - 09:46

Jornal A Cidade - Raissa Scheffer

Alterar o tamanho da letra A+ A A-


Arte / A Cidade
Veja como foi a geração de empregos em Sertãozinho no ano passado (Arte / A Cidade)

A região de Sertãozinho foi a terceira que mais gerou emprego na indústria do Estado de São Paulo no ano passado, segundo levantamento do Centro das Indústrias (Ciesp).

Foi um acréscimo de cerca de 1.000 postos de trabalho nas sete cidades que fazem parte da diretoria regional do Ciesp de Sertãozinho. A variação de emprego ficou em 3,01%, abaixo apenas das regiões de Santa Bárbara D’Oeste (6,6%) e Sorocaba (3,5%).

Além destas três regiões, apenas mais sete registram criação de vagas no ano, as outras 26 regiões de um total de 36 diretorias regionais do Ciesp existentes no Estado de São Paulo tiveram resultado negativo. No Estado, o índice ficou negativo em 1,40%.

De acordo com o gerente de Economia da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Guilherme Moreira, a mão de obra estava sendo retida pelo empresário com a expectativa de que a produção cresceria e ele precisaria de mais empregados para cumprir as entregas, mas com um crescimento de 2% na produção, o industrial não conseguiu manter o robusto quadro de funcionários para dar conta dessa expansão.

Região
Já a indústria de Sertãozinho seguiu na contramão do Estado e obteve uma pequena recuperação no ano.

“As contratações, principalmente no segmento de produtos alimentícios, onde são enquadradas muitas usinas, apontam essa retomada”, diz Sebastião Macedo Pereira, economista e gerente executivo do Centro Nacional das Indústrias do setor Sucroenergético e Biocombustíveis (Ceise-Br).

Mas, segundo Pereira, ainda existe uma preocupação em relação a atual situação do setor sucroalcooleiro. “A diversificação das indústrias de equipamentos para fornecimento para outros setores também ajudou no avanço.” 

Participe
Participe AraraquaraSiga nosso TwitterCurta nossa Fan Page

Edição Digital

Tenha acesso a todo o conteúdo do jornal impresso.

Edição Online