ViaEPTV.com
Jornal A Cidade - Seu jornal. Sua cidade.
  • 0

Comerciante é morto a facadas durante roubo a residência no Jardim Irajá

Três homens abordaram o casal enquanto a mulher estacionava o veículo na garagem

21/11/2013 - 09:24

Jornal A Cidade - Guilherme Plaza

Alterar o tamanho da letra A+ A A-


F.L.Piton / A Cidade
Familiares e amigos de comerciante morto na porta de casa cobram justiça; foi o primeiro caso de latrocínio na zona Sul neste ano (Foto: F.L.Piton / A Cidade)

Notícia atualizada às 22h21

Foi enterrado na tarde desta quinta-feira (21) o homem vítima de latrocínio (assalto seguido de morte) no Jardim Irajá, na zona Sul de Ribeirão Preto. Ricardo Sanchez Filho, comerciante de 56 anos, foi assassinado a facadas, alegadamente após reagir a um assalto, na noite desta quarta-feira (20), na porta da sua casa.

De acordo com o boletim de ocorrência, Ricardo fechava o portão de casa, por volta das 22h, quando foi abordado por três indivíduos. Ele estava acompanhado da esposa, que guardava o automóvel na garagem. Ricardo tentou evitar que os criminosos entrassem na casa, onde havia mais familiares do comerciantes. Ele foi esfaqueado e os bandidos fugiram sem levar nada.

A morte do comerciante foi o primeiro caso de latrocínio na zona Sul em 2013, e chocou a vizinhança. A família Sanchez estava no bairro há mais de 20 anos. “É um absurdo. Ele era um pai de família e conhecido aqui no bairro. Choca demais quando vemos esse tipo de notícia do lado da nossa casa”, diz a professora Elizabete Sbordone Pontes, de 60 anos.

De acordo com a Elizabete, que mora na mesma região da casa do comerciante, a rotina vai mudar ainda mais. “Aqui em casa nós sempre tomamos cuidado, mas vamos ter que redobrar”, conta a moradora, que completa: “A nossa única proteção hoje em dia é de Maria, mãe de Deus”.

Uma dona de casa, que preferiu não se identificar, reclama que vê poucas viaturas fazendo o patrulhamento no bairro, além da iluminação, que é precária. “Essa região é mal iluminada, e acredito que isso dá mais segurança para os bandidos agirem”. As seis pessoas ouvidas pela reportagem reclamaram da iluminação na região.

Um representante comercial que mora na Abrão Caixe diz não se conformar com a violência que tomou a rua na noite desta quarta. “O que vamos fazer agora? Cuidado nós já tomamos, então só Deus para proteger mesmo”, disse.

De acordo com a Polícia Civil, um grupo de investigadores da DIG (Delegacia de Ivestigações Gerais) foi destacado para cuidar do caso. Outros detalhes não foram apresentados para “não atrapalhar nas investigações”.

A prefeitura informou que uma equipe da Infraestrutura será encaminhada até a rua para verificar a iluminação, criticada pelos moradores.

F.L.Piton / A Cidade
Professora Elizabete Pontes pede proteção para santa (Foto: F.L.Piton / A Cidade)

Roubo de carros cresce

Cartazes de indignação, com pedidos de justiça, foram colados nesta quinta no portão da casa que serviu de palco para o primeiro caso de latrocínio (assalto seguido de morte) na zona Sul em 2013.

Dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), mostram que é alta a procura por automóveis na região. Neste ano, de janeiro a setembro (período de dados disponibilizados pela SSP) 432 veículos foram furtados, e outros 115 foram produto de roubo na zona Sul.

Somados, os números de 2013 são 35% maiores que os números no mesmo período do ano passado. Entre janeiro e setembro de 2012, a região Sul registrou 311 furtos e 95 roubos.

Caso no Sumaré

O último caso de latrocínio na região Sul de Ribeirão Preto aconteceu no dia 4 de agosto de 2012, no Jardim Sumaré. Na ocasião, Carlos Henrique Nagayoshi, de 36 anos, foi atingido por um tiro depois que bandidos levaram a bolsa de uma mulher que acompanhava o publicitário naquela noite.

Dois dos suspeitos do crime contra Carlos Nagayoshi foram presos logo em seguida, no dia 8 do mesmo mês.

 

Participe
Participe AraraquaraSiga nosso TwitterCurta nossa Fan Page

Edição Digital

Tenha acesso a todo o conteúdo do jornal impresso.

Edição Online

Classificados - Jornal a Cidade

A partir de agora você terá mais uma opção para anunciar veículos e imóveis no Jornal A Cidade

Classificados Imóveis- Jornal a Cidade
Classificados Carros - Jornal a Cidade